quarta-feira, 24 de abril de 2013

Larissa Manoela se surpreende com a popularidade da esnobe Maria Joaquina e quer papel diferente em Chiquititas.



Ela foi descoberta por acaso. Aos cinco anos, no Paraná, estava com a mãe no comércio de Guarapuava, sua cidade natal, quando um representante de uma agência de modelos viu na garotinha falante um talento promissor. Tinha razão. Depois de despontar como modelo , Larissa Manoela, hoje com 12 anos, se tornou uma das atrizes mirins mais conhecidas do país. A pouca idade não a impede de colecionar feitos e o reconhecimento como atriz, dubladora, cantora e dançarina. Atualmente ela vive sua melhor fase, como Maria Joaquina, da novela Carrossel, do SBT/Alterosa.

A carreira de Larissa Manoela na televisão começou na série Mothern, do canal pago GNT, em que interpretava ela mesma. Alguns meses depois foi selecionada para a peça teatral A noviça rebelde. Já em 2010 participou da série Dalva e Herivelto: uma canção de amor e de Na fama e na lama. Fez ainda o musical Gypsy no teatro, dublou a personagem Narizinho na série infantil Sítio do Picapau Amarelo e em 2011 atuou em seu primeiro filme: Essa maldita vontade de ser pássaro, de Paula Fabiana e Adrian Steinway. Logo depois veio O palhaço, dirigido e estrelado por Selton Mello. Ainda em 2011, Larissa esteve na peça As bruxas de Eastwick, e em 2012, na televisão, interpretou Viviane em Corações feridos, no SBT.

Sucesso - Quando foi convidada para interpretar Maria Joaquina, a vilã esnobe do remake de Carrossel, que foi sucesso nos anos 1990, Larissa até teve um pouco de receio da reação do público. Se naquela época a maioria das crianças odiava as maldades da garota com o coleguinha de escola, o Cirilo (Jean Paulo Campos), apaixonado por ela, desta vez a situação é diferente. Segundo ela, o gênio ruim de sua personagem não tem impedido os fãs de reconhecerem seu talento. Pelo contrário. “Hoje é a menina mais conhecida do Brasil”, comemora a mãe, Silvana Santos. “Não tínhamos noção de onde chegaria quando começou. Estamos felizes com a situação.”

Desde que o sucesso aconteceu, tanto Silvana quanto o marido, Elias Santos, tiveram que deixar os empregos para gerenciar a carreira da filha. E a agenda de Larissa anda apertada. Para gravar Carrossel, mesmo com a facilidade em decorar os textos, dedica várias horas do dia ao trabalho. “Decoro sozinha. Dou uma lida no texto, depois repasso com meus pais. Pego rápido. Acho que tenho memória fotográfica.”

Em breve Larissa terá que colocar o talento para funcionar novamente. Com o fim das gravações da novela, não terá descanso longo. Fará uma pausa de uns dias para a primeira viagem ao exterior, indo para a Disney com os pais. Depois volta à ativa em mais um desafio: outro papel de destaque, no remake de Chiquititas.

Prevista para ir ao ar em junho, a nova trama do SBT chega cercada de expectativas. O objetivo da emissora, ao escalar outra novelinha de grande repercussão no passado, é manter o êxito conquistado com Carrossel, que não raras vezes chega a incomodar a concorrência e tem alavancado a audiência de toda a grade de programação. “Fui chamada para fazer, só que não me deram mais detalhes. Se pudesse escolher, gostaria que fosse um personagem bem diferente da Maria Joaquina”, confessa Larissa. Apesar da dificuldade inicial para se adaptar à rotina de gravações de uma novela, ela se diz feliz com o resultado. O desafio se repete em Chiquititas.

Artista completa

Larissa Manoela prepara outras novidades para os fãs. Em breve vai entrar em estúdio para gravar um CD. “Vou iniciar minha carreira solo como cantora com um disco pop juvenil meio rock. Vai ter canções como Beijinho, beijão e Bom dia!. Está sendo produzido pelo Arnaldo Sacomani”, adianta a menina. Quem quiser vê-la de perto terá uma chance: ela e outros atores de Carrossel vão se apresentar em um circo em São Paulo hoje e no próximo domingo (informações: 11-4003-1527).

“Vai ser uma apresentação bem legal. Vamos cantar as músicas dos nossos dois CDs”, conta Larissa. Entre uma canção e outra, serão intercalados números de mágica, malabares e acrobacias. Larissa aposta na oportunidade para ficar mais perto dos fãs. “Estamos ansiosos para interagir com o público. Será uma grande diversão.” A expectativa da produção é de que a novela vire um musical para ser apresentado por todo o país após o seu término.

ANIMAÇÃO


Carrossel também vai virar uma série de animação. Os primeiros episódios já estão prontos e sendo dublados pelos atores da novelinha. Uma equipe de 60 profissionais trabalha na criação de histórias e desenhos.
NOVOS RUMOS
Além de Larissa Manoela, a novelinha Chiquititas deverá contar com outros talentos de Carrossel, como Nicholas Torres, que interpreta Jaime Palilo. Já Maísa Silva, a Valéria; Matheus Ueta, o Kokimoto; e Ana Vitória Zimmermann, a Marcelina, também estão com agenda cheia, num revezamento na apresentação do Bom dia & cia., que agora conta também com Jean Paulo Campos, o Cirilo. 
 
Fonte: Jornal Estado de Minas

Um comentário:

  1. GOSTEI
    EU AMO CARROSSEL QUE PENA QUE VAI ACABAR :(

    ResponderExcluir